terça-feira, junho 20, 2017


Now or forever.
I know how to breathe.
My lungs scream.
Eh! Eh! Eh!

I'm like this
A fight between lions
It's marked on my skin.
Eh! Eh! Eh! Ohhh!

This cry is urgent.
This song is for us.
I hope to sing
Eh! Eh! Eh!
Ohhh!

_______

Agora ou para sempre.
Eu sei como respirar.
Meus pulmões gritam.
eh! Eh! Eh!

Eu sou assim
uma luta entre leões
Está marcado na minha pele.
Eh! Eh! Eh! Ohhh!

Esse grito é urgente.
Essa canção é pra gente
Eu espero cantar
eh! eh! eh!
ohhh!

segunda-feira, junho 19, 2017

Estou numa esquina do mundo
E sinto que
te amo.

Dobro a rua,
A tua nuca
E os dedos.

Escrevo de olhos fechados.
Choro com eles
Bem abertos.

O outro ponto,
O outro canto,
O outro, tanto.

Andarilho quilômetros.
Do mundo,
Sou sua esquina.

_____________________

(Estou sem meu país.
Meu país é pequeno.
Não é um pedaço de terra,
Apenas.
São trajetos entre pessoas
Que habito.
Moro não somente
Na minha casa.
Estou sem teto.
A casa do meu próprio corpo
Dá sinais de apodrecimento,
A casa da mente tem vista 
Pro fundo escuro das estrelas.)

domingo, junho 18, 2017

Até quando caem as estrelas?

Você pergunta na sua solidez
de um homem apaixonado.

Até quando caem as estrelas?

Mas só quem já caiu sabe da queda.
O que você está esperando para pular?
Merda! Não seja idiota!
Até quando caem as estrelas?
A resposta está no tempo da ação.
Quando o trajeto terminar, a estrela estará no chão.

Lá estarei eu numa esquina do mundo,
Confuso como uma pedra qualquer,
mas não, eu sou sua estrela cadente!

E você, homem apaixonado, se não
abrir os olhos e puder me enxergar,
continuará duro como uma pedra
a perguntar-se eternamente

Até quando caem as estrelas?
Até quando caem as estrelas?

______________________________________

Until when do the stars fall?

You ask in your solidity
Of a man in love.

Until when do the stars fall?

But only those who have fallen know of the fall.
What are you waiting for to jump?
Damn! Do not be stupid!
Until when do the stars fall?
The answer lies in the time of action.
When the path ends, the star will be on the ground.

There I'll be in a street corner of the world,
Confused like an any stone,
But no, I'm your shooting star!

And you, man in love, if you do not
Open your eyes and can see me,
Will remain as hard as a stone
To wonder eternally

Until when do the stars fall?
Until when do the stars fall?

terça-feira, maio 30, 2017

Nesta desordem,
esta caneta
sua: tantos
pratos.
Amo sua força
Não entendo o frio
Nem o homem que passeia com o cão
Essa árvore seca e
O ninho vazio
Nem esta letra que
Sai da sua
Caneta.
Amo essa desordem
As roupas jogadas
O colchão no chão,
Não entendo a organização,
Nem o barulho dos talheres
A pele que coça
___________________

O traço: meu choro.
Você delicado,
Com essas facas na mão,
Quem corta é o frio e
Amo essa força que
Espreme os nossos sons
Destroça a caneta
No meu peito.

--
(BsAs)

sábado, abril 29, 2017

Cry, cry.
I am here,
With you, to cry.

What are these brands?
Looks like there was a disaster around here.
The terrorist ran away.
I look like a crazy clown.
I want a strong hug.

Untie my cold hands with fear.
For me to hold your face
For years, years, lives.
We can fly.
Even with your feet on the ground.

Walk on me.
Let me take you,
Deeper.

I want to show you the stellar explosion.
Cry, cry, we can cry.
Nothing will erase our brilliance.

We are everywhere.
People do not know,
But they breathe our love.

Are these our brands?
Are we the terrorists and the clowns?
So let's cry and then smile.
In your ocean
I'll always be your blue whale.

______________


quarta-feira, novembro 18, 2015

Amocão

A pele se
Abre ao
corte.
Aprofunda o tempo
Que transborda morte.

As coisas se sabem coisas.

O terrível do amor
Se sabe sorte.

O brilhonada
Do espelho nada sabe.

Sabe tem quatro letras
E será o nome do meu próximo cão
Então direi
Sabe sabe das coisas
Que eu não sei:
Por que lambe o tempo
Que espalha do corte
Vermelho

Da minha mão?



Por que não sei

quinta-feira, novembro 12, 2015

Ontem,
enquanto esquartejava legumes
a faca me escapou e
assassinou o meu pé
do rasgo instantâneo
brotou meu sumo vermelho
apressado e quente
que fugia de mim
urgente em me deixar.
Mas pra onde iria
se a cozinha é tão pequena?