quarta-feira, fevereiro 20, 2008

Meus Florais

nossas rugas espalhadas pelo chão
micro recados impregnados
de palavras russas o amor.
te concedo telefonemas e
a vida correndo como quem
a chegada do fim.

minhas xícaras o café
caído e as janelas abertas
como quem gritasse lá
de baixo
pula!

pula!

pula!

8 comentários:

Walmir disse...

gosto dessas imagens esparsas que formam conteúdos a gosto do leitor.
boa poesia.
paz e bom humor, mano blogueiro.

A Antimusa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
A Antimusa disse...

Boas pontes que me trazem a você.
Suas palavras...

Anônimo disse...

pula que eu te seguro!

Arnaldo Sobrinho disse...

Querido!
Quanto tempo eu não vinha por esses lados...Muitas novidades, novos textos. Adoro, como sempre.
Uma beijoca em ti.

[ana] disse...

adorei o almoço e o reencontro.

agora vou tentar voltar para esse mundo dos blogs ;) passa lá;

bjo,
nos falamos logo!

Anônimo disse...

lindooooooooo

Dauri Batisti disse...

Estou visitando pela primeira vez seu blog. Gostando.